Projeto Luzilândia Mais Ação retoma atividades realizando Mutirão de pesagem do Bolsa Família

A Secretaria Municipal de Saúde de Luzilândia, realizará a primeira ação de 2019 do Projeto Luzilândia Mais Ação. Dessa vez, o projeto terá início com um Mutirão de Acompanhamento “bolsa família na saúde”, que acontecerá nos dias 08, 09 e 10 de Abril, no Ginásio Poliesportivo José Vilarinho. E tem como público alvo, crianças de 0 a 07 anos de idade, mulheres entre 14 e 44 anos, gestantes e nutrizes (lactantes).
O Acompanhamento do Bolsa Família na Saúde é uma ação realizada duas vezes por ano para conferir a saúde de mulheres e crianças inscritas no programa. Assim faz-se a verificação do peso para identificar casos de desnutrição entre os beneficiários e consequentemente, comprovar se há ou não, famílias fazendo mau uso do valor recebido mensalmente. Tão importante quanto a Antropometria (peso X altura), é a averiguação da situação vacinal da criança e o acompanhamento das mulheres em idade fértil, gestantes e lactantes, que são informações determinantes pactuadas no momento do cadastro no Programa.

Para que o objetivo da ação seja alcançado, foi estabelecido um cronograma para atendimento, dividindo as UBS por dia, ficando da seguinte maneira:

Dia 08/04, prioridade UBS Pitombeira e Novo Tempo
Dia 09/04, prioridade UBS Novo oriente e Guabiraba
Dia 10/04, prioridade UBS Coroa e Matadouro

É relevante lembrar que para realizar a pesagem, os beneficiários deverão comparecer ao local portando os documentos necessários: Cartão Bolsa Família; Cartão do SUS, Caderneta de vacinação; Caderneta de Gestante.

“Nosso Projeto, se tornou nosso carro chefe no que diz respeito a superar metas, e elevar indicadores. Semestre passado conseguimos atingir uma cobertura na Zona Rural que nunca fora alcançada. De 52%, elevamos a 74% o acompanhamento dos beneficiários do Programa, nossa meta pra esse ano realizando nas Zonas Urbana e Rural é ultrapassar 90% da cobertura obrigatória. E vem mais por aí, acreditamos na parceria intersetorial, e esse ano planejamos realizar Ações no âmbito Epidemiológico e Ambiental.” Relatou a coordenadora do projeto Marina Sampaio.

O comparecimento dos beneficiários convocados, é extremamente importante para evitar que o benefício seja suspenso ou cancelado, caso não tenham realizado o procedimento.

Assessoria de Comunicação