Em Luzilândia, famílias retiradas das áreas de risco estão recebendo assistência. No total, 269 famílias foram afetadas pelo Parnaíba

Na manhã desta quarta-feira(10), a equipe do Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal, Defesa Civil e voluntários iniciaram o dia com a missão de alcançar famílias que ainda estão isoladas pelas cheias do rio Parnaíba e fazer a remoção de algumas famílias em segurança.

Duas equipes saíram em missão, uma fez a retirada de uma família no Porto Formoso (MA), e outra equipe foi então até a localidade Chapéu de Couro (MA) prestar assistência, e reiterar a necessidade de deixar os locais. Porém, as famílias ainda hesitam em sair de suas residências, alegando que só deixarão quando “a água estiver mais perto”. O trabalho feito, foi de sensibilização e cadastro dessas famílias para uma possível remoção caso o nível do rio aumente.

No período da tarde representantes da Defesa Civil do Estado estiveram na sede da guarda Municipal, juntamente com o prefeito Ronaldo Gomes, e toda a equipe responsável pelos trabalhos, coletando dados, e também informando a disponibilidade do órgão em ajudar as carências do município diante da situação.

Durante o dia, diversas ações foram realizadas, dentre elas a visita de uma equipe de Saúde nos abrigos, com a presença de médica e enfermeira, assistentes sociais buscando atender a necessidade de atendimento médico, ou de alguma medicação.

Até as 19 horas desta quarta-feira (10/04), o balaço aponta que 269 famílias já foram afetadas pelas cheias do Rio Parnaíba, estas já cadastradas na defesa civil do município. A Força Tarefa que está atuando no município já fez a retirada de 42 famílias das áreas de riscos e regiões inundadas, sendo 33 famílias levadas para casas de familiares e 9 famílias para abrigos do Governo de Luzilândia.